sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

A verdadeira beleza não é vista por olhos, mas sim sentida com o coração.

Anita era uma menina recatada, linda e muito inteligente, apaixonada pela vida e pela preciosa capacidade que os humanos tem de amar. Era irmã de Esther, jovem, bonita e popular, adorava paquerar os meninos mais velhos jogadores de futebol, e atualmente estava saindo com Guilherme, um menino alto, loiro, e com o corpo malhado.
Anita sempre dissera à irmã que ele não prestava que estava mal-intencionado e que ela merecia coisa melhor, porem Esther nunca a ouvirá e sempre dizia “-Pare de ser bobinha, Nini, melhores que ele não existe, ele realmente é um deus”.
Certo dia Anita tinha acabado de chegar do colégio, estava cansada e com muita fome, Esther disse que faria o almoço e que Guilherme estava para chegar, então pediu para que sua irmã mais nova tirasse o uniforme do colégio e se arrumasse porque queria manter a boa imagem da família. Antes de qualquer discussão o telefone de casa tocou e era Ricardo, querendo falar com Esther, que por sua vez foi super ignorante com o garoto dizendo coisas como: -“Escuta aqui garoto, eu já disse para você sair da minha vida, eu não te quero pow, você é feio e pobre, não tem nada a me oferecer”
-Ther, acho que você deveria aceitar o amor dele, parece ser puro e grande.
-O amor dele não me compra carro, você ainda tem muito que aprender Nini, agora vai lá tomar seu banho porque não quero que meu namorado te veja assim.
-Não gosto daquele sujeito, papai e mamãe também não gostaram. Saiu a Garota, subindo a escada e indo em direção ao guarda roupa e logo em seguida para o banheiro para tomar uma ducha.
Assustou quando olhou para a porta do banheiro e se deparou com Guilherme, qe a olhava de cima a baixo demonstrando desejo
“-Nossa, nossa em cunhadinha, vai tomar um banho comigo para nos refrescar?
-Pare de ser tolo e respeite minha irmã e minha casa, você sabe muito bem que não gosto de você e que não é bem vindo aqui, então é melhor você ir lá pra perto da Ther antes que eu te chute da minha casa.
-Meninas marrentas como você me excitam...
-E meninos como você me fazem vomitar- alterou sua voz e disse: - Esther, Da um jeito nesse cachorro que você insiste em chamar de namorado, por favor.
-Eu sempre te desejei mais do que sua irmã, e quero um beijo seu – Ele usou força, e por mais que Anita tentasse, não conseguia sair, apenas gritar.
-Que palhaçada e essa aqui? Guilherme fora da minha casa seu cafacheste, solte a minha irmã.
Ele saiu, zombando, mas saiu.
Anita tentava acalmar sua irmã que estava realmente, realmente nervosa
-Eu deveria ter acreditado em você Nini, ele não vale o feijão que come...
-Dinheiro, beleza e poder não são amigos íntimos do amor Esther, você deveria dar uma chance ao Ricardo, porque a beleza que conta é a interna, hoje em dia qualquer um pode ficar bonito, basta fazer plástica.

Um comentário:

  1. Poxa, que beleza de escrito, palavras tão bem colocadas e um sentido tão claro...Parabéns pelo Blog, seus textos são realmente muito bons, escreves maravilhosamente bem, tens uma sensibilidade admirável, tudo aqui me agradou, então não hesitei em me tornar seu seguidor...

    Quando puder, passa la no meu tbm e vê o que acha
    http://essenciaego.blogspot.com/

    Abraço apertado
    Témais ;P

    ResponderExcluir

Mundo Leitor

É um mundo de palavras
rimadas ou não
pensadas, faladas
escondidas no coração

Mundo que é mágico
faz ser real a imaginação
Mundo que sonhei
E cantei numa canção

Mundo que é capaz
de me tirar daqui
Mundo que me dá paz
Pra dentro de mim posso fugir

Neste mundo me encontro
E as palavras me fazem um favor
Aqui eu sempre viverei
Aqui é o meu Mundo Leitor!


Autora: Dâmaris Góes

Leia também

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...